Carregando...
Rio das Ostras

Rio das Ostras inicia estudo para traçar diagnóstico do trânsito e apresentar novo projeto de transporte público

Um detalhamento pormenorizado feito a partir de levantamentos, análise de dados, elaboração de mapas viários, de planos de ação de curto, médio e longo prazo e com assessoramento técnico futuro nas fases de processo de licitação do serviço de Transporte Coletivo de passageiros são o escopo de um audacioso projeto do Governo que teve início esta semana em Rio das Ostras.

O objetivo da iniciativa é que seja feito um diagnóstico do tráfego municipal para servir de base para a apresentação de um novo projeto de mobilidade urbana e transporte público na cidade. Para isso, é preciso identificar os principais pontos de conflitos e a necessidade de adequação da circulação viária do município.

“É a única forma de garantir um transporte coletivo organizado, de qualidade e com acessibilidade, eficiência e segurança”, resume o secretário de Transportes, Paulo César Viana – que disse ainda que o estudo vai permitir que o Governo conheça a fundo todo o sistema de transporte público existente hoje em Rio das Ostras.

Nova licitação

Para se ter uma ideia, Paulo César informou ao Blog que, atualmente, existem 360 permissionários atuando com vans na cidade. Contudo, o Governo entende que o máximo que o município suporta são 200. Em outras palavras, existem muitas vans para poucos passageiros. Como consequência, o prefeito, Marcelino (PV), vem sofrendo uma pressão para autorizar o reajuste da tarifa – que hoje é de R$ 2,80.

O diagnóstico que começa a ser feito vai detalhar os aspectos técnicos como tempo de viagem, de espera, quantidade e tempo de transferências, frequências e lugares ofertados. Além disso, aspectos econômicos como padrão tarifário, padrão de frota, índices econômicos tradicionais e os aspectos urbanísticos e acessibilidade também estarão sendo mapeados.

”Com estes subsídios, o Governo poderá realizar uma licitação que atenda tanto a população quanto aos futuros permissionários de maneira eficiente”, argumentou.

%d blogueiros gostam disto: