Menos de 60 dias depois de audiência presidida por Welberth, Estado anuncia retirada de 16 ‘pardais’ das RJs 104 e 162

Presidente da Comissão de Turismo da Alerj, Welberth (PPS) comemora a decisão do Governo do Estado de retirar 16 radares de velocidade na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104 e RJ-106), entre São Gonçalo e municípios da Região dos Lagos. A medida foi tomada após cobrança feita em audiência pública no mês passado. 

Segundo o Departamento de Estradas e Rodagem do Rio (DER-RJ), a retirada dos ‘pardais’ vai priorizar áreas de risco, em cumprimento à Lei Estadual 7.580/17, de autoria do deputado Dionísio Lins (PP). O deputado macaense lembrou que o cumprimento da Lei foi um dos temas abordados na audiência pública realizada no início de maio.

“Fizemos a audiência sobre o número excessivo de radares nessa rodovia, com a presença do DER, e a partir dela começamos a cobrar o cumprimento da lei. Enviamos ofício à Polícia Militar solicitando as informações sobre áreas de risco, que embasaram essa decisão. Agradecemos à atual gestão do Detro pelo apoio e pela decisão”, destacou. 

Com o apoio de entidades do Turismo, Welberth ressaltou que a discussão sobre os radares em rodovias de acesso a regiões turísticas do Estado vai ter continuidade. “O radar tem caráter educativo, não pode estar escondido com o objetivo apenas de arrecadar”, frisou.