Carregando...
Governo

Macaé: sem maioria na Câmara atual, contas de 2019 de Dr. Aluizio – reprovadas pelo TCE – só devem ser votadas ano que vem

Em mais uma manobra política, o ainda presidente da Câmara, Dr. Eduardo (Podemos), segundo fontes do Legislativo, vai deixar para os próximos vereadores – que assumem os mandatos em 1 de janeiro – decidirem sobre as contas de Dr. Aluizio (PSDB) de 2019 que foram reprovadas pelo TCE.

Assim, Dr. Aluizio está cada vez mais perto de se juntar ao ex-prefeito, Riverton Mussi (PDT), na lista de políticos ‘fichas-suja’ e inelegíveis do município. E isso frustrará os planos do ainda chefe do Executivo de começar a fazer oposição a Welberth (Cidadania), disputar a eleição de deputado federal em 2022 e a sucessão municipal em 2024.

Entenda melhor

Em sessão extraordinária realizada na manhã desta segunda-feira, 21, Dr. Eduardo usou uma votação sem pé-nem-cabeça das contas de 2013 como ‘termômetro’ para medir como o plenário atual reagiria em caso de votação das contas de 2019.

E o recado foi claro: Dr. Aluizio não teria hoje 2/3 dos votos necessários para escapar da reprovação. Com isso, a saída é apostar que os novos vereadores sejam seduzidos com alguma espécie de ‘canto da sereia’ que o futuro secretário da Casa Civil pretende entoar. Mas será que Welberth vai aceitar pagar essa conta?! A conferir!

%d blogueiros gostam disto: