Macaé: pré-candidato a prefeito declarado, Guto Garcia divulga vídeo de autopromoção e material pode parar no TRE

Faltando menos de 3 meses para se desincompatibilizar do cargo de secretário de Educação por causa das eleições municipais de outubro e retornar ao Legislativo, Guto Garcia pode ter dado um tiro no pé. Explico: o vereador-licenciado, pré-candidato a prefeito cantado em verso e prosa pelo Governo desde o ano passado, divulgou no início da noite desta sexta-feira, 10, um vídeo de autopromoção.

Na gravação, de pouco mais de 4 minutos, Guto tem seu currículo apresentado desde a formação acadêmica até sua atuação há 10 anos como secretário de Educação – nas gestões Riverton Mussi e Dr. Aluízio. Mais do que isso: a peça publicitária atrela políticas específicas do Executivo, como a passagem a R$ 1, ao seu mandato na Câmara, e chega a classificá-lo como um dos ‘melhores gestores do país’, sem, claro, apresentar qualquer fonte para isso.

O hoje tucano que era emedebista, da turma de Sérgio Cabral, Pezão e Piccianni, até outro dia, tem a mãe citada no vídeo – a petista, ex-vereadora e ex-vice prefeita, Marilena Garcia. Algumas perguntas sem resposta também ficam no ar: qual foi a agência contratada para fazer o vídeo e quem a pagou?! Se foi produção caseira, tem servidor (pago com dinheiro público) envolvido?! Quem são as pessoas que estão divulgando o vídeo por whatsapp?!

Um advogado eleitoral que assistiu à peça publicitária, cravou: o material, chegando ao TRE, pode ser uma bela pedra no sapato de Guto por caracterizar propaganda extemporânea. A conferir!

Deixe uma resposta