Carregando...
Governo

Macaé: MP recomenda ao Governo adotar ‘passaporte da vacina’ para entrada em lojas, bares, boates, shoppings e igrejas

Nesta terça-feira, 7, o prefeito de Macaé, Welberth (Cidadania), em entrevista ao radialista Robson Oliveira – que, aliás, vem sendo sondado a ser candidato a deputado federal – em seu programa ‘Painel Hits’, comentou a recomendação que recebeu do Ministério Público (MP) para que o Governo, através de Decreto, adote no município o ‘passaporte da vacina’.

Em suma, com a decisão em vigor, só estará autorizada a entrada e permanência de alguém em locais como lojas, bares, boates, restaurantes, salões de beleza, academias, shoppings e igrejas mediante a apresentação de um comprovante de que tenha recebido a imunização.

Ao Blog, por telefone, Welberth confirmou a informação e frisou que o Governo – assim como em outras cidades como Itaperuna e Campos – vai atender a recomendação do MP. Em outras palavras, já nos próximos dias o Decreto assinado pelo prefeito será publicado regulamentando a norma e tornando obrigatório que todos os espaços públicos e privados obedeçam a decisão.

Na prática, a ideia central da recomendação do MP é que o município garanta novas estratégias de combate à pandemia no município – que está em fase final neste momento da vacinação a crianças de 12 a 18 anos com algum tipo de comorbidade. Ou seja: o que se espera é levar mais pessoas a decidirem tomar a vacina, caso contrário, não poderão entrar ou permanecer nestes lugares onde há aglomerações.

Ainda de acordo com o MP, todos os estabelecimentos públicos e privados deverão ser ‘obrigados a manter aviso em local visível sobre a necessidade de portar o comprovante de vacinação (ao menos a primeira dose) para entrada e permanência no local, bem como para que fiscalizem essas medidas, sob pena de sanção pecuniária’.

%d blogueiros gostam disto: