Carregando...
Sem categoria

Macaé: Marcel assina Nota Coletiva pedindo afastamento de Quaquá da presidência do PT no Estado

Uma Nota Coletiva, assinada por 110 militantes/dirigentes até agora, pede o afastamento imediato de Washington Quaquá da presidência do PT no Estado. O motivo: o ex-prefeito de Maricá anunciou que passará um ano morando, trabalhando e estudando em Portugal.

No texto, assinado por deputados, ex-deputados e pelo vereador de Macaé, Marcel Silvano, entre outras lideranças petistas no Estado e com data de ontem, 25, há críticas também à maneira como o partido vem sendo conduzido pelo marido de Zeidan.

“É público e notório para grande parte da militância petista fluminense que o atual Diretório Estadual sequer se reúne. O PT-RJ deixou de funcionar como organização partidária: não discute estratégia ou tática, não analisa a conjuntura, não adota posições oficiais sobre os principais temas que afetam a população fluminense”, diz trecho do documento.

A Nota aponta ainda as sucessivas derrotas políticas e eleitorais no Rio de Janeiro, mesmo quando o partido vai bem na esfera nacional ou em outros estados. “Em 2018, por exemplo, com toda a adversidade que enfrentamos, perseguidos por todos os flancos e por diferentes agentes e organizações, públicas e privadas, o PT elegeu a maior bancada na Câmara Federal. No RJ, porém, nosso resultado, nesta mesma eleição, foi desastroso”.

No documento, os dirigentes exigem o afastamento de Quaquá enquanto residir no exterior. “Mais do que isso: que o Diretório Estadual se reúna para discutir o exercício da interinidade na presidência do PT-RJ e outras pautas”.

%d blogueiros gostam disto: