Carregando...
BrasilEstadoGeralMacaé

Macaé: Gelinho rebate Maxwell e dispara: “Em menos de um ano na Casa, aprovei duas CPIs que estavam enterradas”. Entenda a polêmica!

Com a temperatura alta na sessão desta quarta-feira, 17, Cristiano Gelinho (PTC) e Maxwell Vaz (SD) protagonizaram um embate acalorado na Câmara de Macaé.

Isso porque, Maxwell citou críticas que a Câmara recebeu em um evento em que participou por conta da audiência pública do transporte realizada na semana passada e que foi presidida por Gelinho.

Entre outras coisas, além da ausência de representantes da Prefeitura à reunião, houve quem dissesse que Gelinho havia sido ‘inflexível’ e teria ‘ofendido’ alguns participantes da audiência. O vereador negou e rebateu as acusações com veemência.

Gelinho lembrou que o formato da audiência, com participação dos cidadãos fazendo perguntas por escrito, não foi definido por ele. “A única coisa que fiz foi me posicionar, como presidente da audiência, dizendo que no grito ninguém iria ganhar”, frisou.

Apesar de convocada pelo Executivo, Gelinho conduziu a audiência respaldado pela atuação que teve para que o Requerimento de instalação de CPI para investigar a SIT tivesse as assinaturas necessárias e fosse aprovada em plenário.

“Em menos de um ano na Casa, aprovei duas CPIs que estavam enterradas: a da BRK, em que sou o autor do Requerimento, e a da SIT, em que busquei as assinaturas necessárias com os demais vereadores”, disse a Maxwell.

Maxwell, por sua vez, ressaltou que fez a defesa dos vereadores aos críticos, mas recomendou que a mesa diretora não aceite mais sediar audiências propostas pelo Governo. Isso para que o ônus não recaia sobre a Câmara.

%d blogueiros gostam disto: