Loading...
Eleições 2020

Macaé: depois de defender ‘Lula Livre’, secretário de Relações Institucionais mira as eleições e se declara ‘liberal’ e ‘bolsonarista’

Pré-candidato a vereador, o secretário de Relações Institucionais de Macaé, Léo Gomes, ‘se converteu’. Calma, explico. Nada tem a ver com religião (o moço continua com sua fé nos orixás e na umbanda), mas é que o reconhecidamente defensor da esquerda, do PT e dos ex-presidentes, Lula e Dilma, virou (?) ‘bolsonarista’ e ‘liberal’.

No Twitter, onde vem apresentando propostas que mais parecem de um pré-candidato a prefeito, Léo Gomes decidiu virar a casaca neste sábado, 29. Disse que não é de ‘esquerda nem de direita’, defendeu a percepção (sic) de que Bolsonaro é o ‘presidente do Brasil’ e enfatizou que chamar os eleitores de fascistas é um ‘despreparo’.

O tom das postagens de Léo Gomes de fevereiro de 2020, no entanto, é bem diferente do que escreveu ou compartilhou no ano passado. O Blog fez um pequeno apanhado para comprovar. Nesta amostra grátis, o secretário de Dr. Aluízio (PSDB) chama Bolsonaro de ‘São Bozo’ e o ministro da Justiça de ‘São Moro’.

Além disso, critica os evangélicos postando uma foto de Bolsonaro usando uma camisa com o nome ‘Jesus’ estampado e com o atual presidente fazendo a famosa pose da arma, dizendo que era para ‘desmascarar os cristãos que falam de Deus, mas nunca de justiça, paz e amor’ (foto em destaque).

Em março do ano passado, outra relíquia recuperada: o hoje ‘defensor’ de Bolsonaro, postou uma foto de Lula com a seguinte frase: ‘Lula, pra sempre sou você’.

Ficam as perguntas: a vida muda as pessoas ou o ano eleitoral é ‘implacável’ nas convicções de pré-candidatos?! A conferir!

%d blogueiros gostam disto: