Loading...
Eleições 2020

Macaé: ao lado de Chapeta, Dr. Aluízio, Dr. Eduardo e vereadores, Welberth acusa demais candidatos: ‘velha política’

Vereador por dois mandatos e deputado estadual, Welberth (Cidadania) é um velho conhecido da classe política macaense. Fora do município, cultiva alianças com medalhões como Comte Bittencourt (Cidadania). Em Macaé, é apadrinhado por Dr. Eduardo (Podemos), vereador há quase 30 anos e presidente da Câmara pela quarta vez.

Desde sua campanha para a Alerj, quando sustentou que Macaé precisava de representante e voz junto ao Governo do Estado, onde se aproximou, depois de eleito, de Wilson Witzel (PSC), Welberth articulou o apoio de vereadores.

Agora, candidato a prefeito, nomes como Paulo Antunes (PSDB), Luiz Fernando (Cidadania), Luciano Diniz (Cidadania), George Jardim (PSDB), Cristiano Gelinho (Cidadania), Cesinha (Pros), Guto Garcia (PDT), entre outros, estão lado a lado com ele.

Para fechar o arco de alianças políticas, Dr. Aluízio (PSDB), prefeito há 8 anos e deputado federal por outros dois, indicou Celinho Chapeta, ex-secretário de Infraestrutura, como vice da chapa de Welberth. Preço considerado caro, mas que foi aceito por imposição de Dr. Eduardo.

Apesar de todos estes fatos, Welberth discursou na convenção do Cidadania nesta quarta-feira, 16, que confirmou seu nome para a disputa sucessória, acusando os demais candidatos a prefeito de serem a ‘velha política’.

Mas quem conhece bem Welberth nos bastidores sabe que o que ele disse não vem dele. Afinal, nem candidato a prefeito ele realmente queria ser – assim como não queria ter cedido mais da metade de seu gabinete na Alerj para Comte Bittencourt – como determinou Dr. Eduardo.

%d blogueiros gostam disto: