Carregando...
Macaé

Macaé: agora em lados opostos, Marcel e Danilo devem polarizar disputa por vaga na Alerj

Marcel Silvano e Danilo Funke tem em comum boa parte de suas trajetórias políticas. Quando eleito vereador, Funke tinha Silvano como seu chefe de gabinete. Ambos, à época, conviviam também juntos no PT.

O tempo passou, Danilo virou vice-prefeito (no primeiro mandato de Dr. Aluizio) e Marcel foi eleito para a Câmara. Tempos depois, Funke e Silvano romperam com o ex-prefeito e tomaram caminhos diferentes.

Danilo foi para o PSOL e disputou uma eleição de deputado federal. Marcel foi reeleito vereador. Agora, ambos estão sem mandato e são pré-candidatos a uma vaga na Alerj em 2022.

Contudo, Marcel é hoje a única liderança política atuando em Macaé (Igor Sardinha está radicado em Maricá) que mantém o viés estritamente de esquerda.

Esquerda x Esquerda

Entretanto, pouca gente sabe mas a ida de Danilo para o PSD teve o dedo da maior liderança petista do país – o ex-presidente, Lula.

Isso porque, Eduardo Paes (PSD), prefeito do Rio, pediu ao antigo aliado a liberação de Achilles Barreto, até então filiado ao PT, para assumir o comando da Secretaria Especial de Integração Urbana.

Com a benção de Lula, Achilles assumiu a pasta na gestão Paes e, pré-candidato a deputado federal, pessoalmente convidou Danilo a ingressar no PSD e dobrar com ele ano que vem na campanha.

Em outras palavras, a disputa entre Marcel e Danilo em 2022 será o duelo entre a esquerda e a… esquerda?! A conferir!

%d blogueiros gostam disto: