Gelinho se reúne com representantes de termelétricas para garantir prioridade de macaenses nos empregos que serão gerados

Tema de audiência pública no município, a implantação de duas novas usinas termelétricas em Macaé estão no centro da discussão sobre desenvolvimento da região. Isso porque, as unidades Jaci e Tupã, criadas pela Global Participações em Energia (GPE), consolida a Capital Nacional do Petróleo como polo nacional de produção de energia, transformando o gás processado pelo Terminal Cabiúnas, da Petrobras, em combustível para o novo ciclo de desenvolvimento econômico.

Contudo, apesar do otimismo, algumas preocupações também surgiram ao longo deste processo. Uma delas é sobre o preenchimento das vagas que serão abertas pelas termelétricas. Neste sentido, ações políticas podem ser o diferencial. Na próxima semana, por exemplo, Cristiano Gelinho (sem partido) vai se reunir com representantes das empresas. O objetivo do vereador é garantir prioridade aos macaenses nos postos de trabalho.

O parlamentar também discursou esta semana na Câmara defendendo capacitação para a mão-de-obra macaense que permita que o morador do município seja o principal beneficiado com a instalação das termelétricas. “O desemprego na cidade é um problema grave hoje. O que queremos é garantir que os pais de família e os jovens voltem ao mercado com esta oportunidade que está batendo à porta”, frisou.