Extra repercute postagem do Blog sobre ação do MP contra mesa diretora da Alerj por suspeita de improbidade administrativa

Assinada pelas jornalistas Berenice Seara e Alinne Macedo, matéria publicada no portal do Extra ontem, 4, repercutiu a postagem feita aqui no Blog no último dia 29, sobre a ação do Ministério Público que investiga supostos atos de improbidade administrativa cometido pela mesa diretora da Alerj ao dar posse aos deputados presos na Operação ‘Furna da Onça’.

Relembre o caso

O MP vai investigar supostos atos de improbidade administrativa cometidos pelos integrantes da mesa, dentre eles, o presidente, André Ceciliano (PT), e o macaense Chico Machado (PSD), quarto secretário. O Blog teve acesso ao inquérito civil instaurado pelo Ministério Público (MPRJ 2019 003 06898) e que está sob a responsabilidade da Sub-Procuradora de Justiça, Fernanda Moreira Jorgensen. 

O documento aponta que a mesa diretora teria infringido o Regimento Interno da Alerj ao autorizar que os deputados presos assinassem o termo de posse fora da sede da própria Assembleia. 

Cabe ressaltar, porém, que nem todos os membros da mesa diretora tem a mesma situação. Isso porque, a deputada Tia Ju (PRB), terceira vice-presidente, estava em Nova Yorque participando de um evento no dia da sessão que deu posse aos parlamentares presos.