Carregando...
Casimiro de Abreu

Casimiro de Abreu: sem licitação, Ramon anuncia operação de vans e abre as portas para a milícia no município

Não é segredo em lugar nenhum do Estado do Rio de Janeiro que as milícias – grupos armados que aterrorizam comunidades cariocas com a exploração ilegal de serviços públicos e privados – muitas vezes se escondem em operações como o transporte por vans. Mas, ao que parece, isso não importa muito para o prefeito de Casimiro de Abreu, Ramon Gidalte (Cidadania).

À margem da lei, o chefe do Executivo – que até dezembro do ano passado criticava e denunciava o antigo Governo por decisões que tomava – simplesmente vem anunciando, através da Secretaria de Comunicação Social, o início da operação de vans na cidade. A questão é que este tipo de contratação se dá somente após todas as fases de licitação.

No último dia 19, Ramon reuniu toda sua equipe para uma solenidade (pasmem!) de lançamento do serviço. Junto com secretários, frisou que ‘lutava pelo retorno do serviço desde que era vereador’. Só esqueceu de dizer que na Câmara cansou de vociferar contra Paulo Dames (PSDB) por também ignorar as leis e cometer o que ele entendia, antes de voltar a sentar na cadeira número 1 da Prefeitura, ser ilegal.

Em nenhum momento do mini-comício de Ramon, porém, o prefeito falou sobre licitação ou os trâmites legais que deveriam ser cumpridos para que o transporte público fosse operado por vans. Ninguém na cidade sabe também quais os critérios para que alguém coloque um veículo rodando na cidade cobrando passagem da sofrida população casimirense.

Sei não, mas acho que Ramon vai começar a beber do próprio (e amargo) remédio que dava quando era oposição, já já. A conferir!

%d blogueiros gostam disto: