Atletas lamentam cancelamento do Fest Verão, mas vereadores preferem esperar volta do recesso para cobrar explicações de secretário e sub

O recesso parlamentar só deve acabar em meados de fevereiro, ou seja, daqui mais de um mês. E só então a Câmara de Macaé vai se posicionar ou mesmo cobrar explicações do secretário de Esportes, Aquilles Vieira, e do sub, Marcos Junior, sobre as denúncias de ‘caixinha’ com dinheiro de salários de assessores.

Isso, claro, no que depender de Marvel Maillet (REDE) e Alan Mansur (PRB). Apesar de integrarem bancadas diferentes (oposição e situação), ambos tem ligação com o esporte: o primeiro é lutador, professor de jiu jitsu e dono de academia; já o segundo é presidente da Comissão de Esportes do Legislativo.

Em contato com o Blog, ambos preferiram uma postura cautelosa quanto às graves denúncias feitas por uma servidora que teve o áudio de uma conversa divulgado pelas redes sociais na semana passada. Como desdobramento, o Governo cancelou o Fest Verão que seria realizado a partir deste próximo fim de semana.

Apesar de ser oposição ao Governo, Marvel é apontado como o ‘pai’ da indicação de Aquilles. Além disso, Marcos Junior foi um dos apoiadores de sua campanha para a Câmara. Já Alan faz parte da bancada de situação e prefere esperar um mês para se posicionar no assunto.

Marvel e Alan: vereadores ligados ao esporte

 

Reclamações se multiplicam

Enquanto isso, atletas lamentam que o principal evento esportivo do município seja cancelado por problemas na gestão da secretaria. “Hoje infelizmente Macaé não tem apoio nenhum do Governo voltado para o esporte uma vez que o ginásio já caiu, o estádio ele lavou as mãos entregando a administração do Macaé e agora cancelando o Fest Verão. Triste”, resumiu Gladstone Silva, atleta de futevôlei.

“Macaé está passando por uma crise em tudo. Infelizmente a administração não gosta de eventos culturais e esportivos. O esporte macaense está acabando, incentivo é zero. Estou totalmente decepcionado”, frisou o jogador de Handebol de Areia, Luiz Eduardo Tavares.

Em menos de um ano à frente da pasta, a nova gestão coleciona polêmicas. Antes da acusação da ‘caixinha’ e do cancelamento do Fest Verão, secretário e sub já tiveram que prestar esclarecimentos aos vereadores em plenário sobre supostas irregularidades na escolha de beneficiados com o Bolsa Atleta.