Alerj: Subtenente Bernardo recebe Moção de Aplausos de Robson Oliveira por luta contra ‘Máfia dos Reboques’

Depois de ter a indicação aprovada em plenário na Câmara de Macaé, na semana passada, Robson Oliveira (PSDB) entregou ao deputado estadual, Subtenente Bernardo (PROS), uma Moção de Aplausos pela atuação do parlamentar na luta contra a chamada ‘Máfia dos Reboques e Depósitos Particulares’.

Em suma, após meses de investigação para identificar o “modus operandi” do esquema – formado por empresas especializadas em serviços de reboque e armazenamento de veículos, maus policiais, despachantes e agentes políticos – o deputado cabofriense levou o caso para a Alerj. Ele conta que, a partir desse levantamento, foram feitos requerimentos solicitando aos órgãos competentes a abertura de inquéritos para investigar o esquema criminoso que opera em todo o Estado.

“Ainda no campo parlamentar, apresentamos duas proposições importantes que levamos ao governador Wilson Witzel (PSC): a primeira foi uma indicação para retirar a PM das atribuições de trânsito, pois sempre defendi ao longo dos meus 35 anos como policial militar que a função da polícia é combater criminosos e garantir a ordem pública”, lembra.

Ainda segundo o deputado, a outra proposição era no sentido de permitir que, ao ser parado em uma blitz, o condutor do veículo tivesse um prazo para regularizar o veículo e, assim, não te-lo rebocado de imediato.

“As duas medidas foram acolhidas de pronto pelo governador, que a partir do dia 08 de abril determinou que as blitzes sejam realizadas pelo Detran e que a fiscalização tenha um caráter educativo, possibilitando, desta maneira, que os veículos não sejam rebocados de imediato”, comemora.

Em fevereiro deste ano, o Subtenente Bernardo surpreendeu ao conseguir 38 assinaturas para instalar uma Comissão Especial de Investigação na Alerj para dar sequência ao trabalho de desmantelamento do esquema.